NOTÍCIAS

MATÉRIAS ANALISADAS E VOTADAS NA SESSÃO ORDINÁRIA DE 30 DE ABRIL DE 2018

Publicado em 08/05/2018, Por Poder Legislativo de Herveiras

ATA DA 13ª REUNIÃO ORDINÁRIA, DA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 6ª LEGISLATURA DO PODER LEGISLATIVO DE HERVEIRAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, REALIZADA DIA 30DE ABRIL DE 2018.  Às dezenove horas do dia trinta de abril do ano de dois mil e dezoito, nas dependências da Câmara Municipal de Herveiras, se reuniram os seguintes Vereadores: Adão Carmelindo Lourenço (MDB), Anderson Silveira de Souza (MDB), Edson Luis de Melo (PTB), Darci de Bastos (PTB), Gilmar Elair Claas (MDB), João Alberi Rodrigues Vieira (MDB), Sandro Luis da Silveira (PP), Sidoni Metzger (PP), Valmir Pereira Bueno (MDB). I - VERIFICAÇÃO DO QUORUM: O Senhor Presidente verificou que todos os vereadores estavam presentes. Em seguida solicitou votação da ata. . II - VOTAÇÃO DA ATA: O Senhor Presidentecolocou em discussão a Ata da 12ª Reunião ordinária, realizada dia 23 de abril de 2018. Não havendo discussão, o Senhor Presidente colocou em votação, Aprovada por unanimidade. EXPEDIENTES: Não houve. EXPLICAÇÕES PESSOAIS. Vereador Sandro Luis da Silveira: Saudou o presidente, vereadores, servidores da casa, prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, assessor jurídico, representante do jornal serrano, comunidade presente. Agradeceu a presença de todos na 7º edição na festa do porco no rolete da comunidade Santa Terezinha de Herveiras. Agradeceu ao comércio local pelos patrocínios, a equipe organizadora que trabalhou a secretaria de obras e agricultura pelo patrolamento e cascalhamento aos derredores do pavilhão, a comunidade que compareceu e que acredita no sucesso do evento, ao sindicato dos trabalhadores rurais de Santa Cruz do Sul pelo apoio. Relatou que foi procurado pelo jornal Gazeta do Sul, disse-lhe que a câmara municipal teria sido notificada para abrir um processo impeachment contra o prefeito municipal, o ministério público se diz promotor da justiça que faça justiça então. O processo em questão já foi julgado, “desjulgado”, já houve recurso que é de 2007, que o processo vai se protelando cada vez mais, aonde a justiça vai fazendo a parte dela muito devagar, não se sabe o que dizer, pois cabe recurso ainda, é papel dos vereadores fiscalizar as ações do prefeito. Relatou que a justiça tem a faca e o queijo na mão, não cabe aos vereadores abrir este processo, se são promotores da justiça porque não o fazem? Não que ser responsável por nenhuma injustiça, existem fases de recurso onde em Santa Cruz o prefeito foi condenado, depois anulado aquele julgamento, condenado em Porto Alegre, lá teve alguma pena decidida, mas nenhum juiz definiu essa pena e existe a esfera federal, diante disso disse que não chegou nada na câmara de vereadores, suponha-se que o prefeito for afastado do cargo pelos vereadores e se o supremo decidir que o prefeito é inocente , como se sentiriam por afastar um inocente, diz ser de acordo que a justiça que faça sua parte uma vez que são conhecedores das leis, que façam o que tem que ser feito e que não larguem na mão dos vereadores, pois não possuem conhecimento sobre a matéria jurídica e que a justiça no Brasil não está lá muito confiável. Vereadora Sidoni Metzger: Saudou o presidente, vereadores, servidores da casa, prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, assessor jurídico, representante do jornal serrano, comunidade presente. Parabenizou a diretoria da comunidade católica santa Terezinha de Herveiras que se esforçaram para que saísse uma bela festa e assim aconteceu, serviram um bom almoço e a musica agradou a todos. Vereador Valmir Pereira Bueno: Saudou o presidente, vereadores, servidoresda casa, prefeito, vice prefeito, secretários municipais, assessor jurídico, representante do jornal serrano, comunidade presente. Agradeceu o secretario de obras por serviços de restauração nas estradas da Linha Marcondes e Alto Marcondes, que foram finalizadas na semana anterior, diz ser testemunha que estão trabalhando e fazendo o possível, pede que a população espere e assim que for possível todos serão atendidos. Vereador Anderson Silveira de Souza: Saudou o presidente, vereadores, em especial ao prefeito, vice- prefeito Roberto, secretários municipais e demais que assistiram à sessão.  Refez o agradecimento o secretario Roberto da secretaria de agricultura por serviços prestados Linha Biriva e interior da Linha Fernandes. Vereador Edson Luis de Melo: Saudou o presidente, colegas vereadores, assessor jurídico, prefeito municipal, vice-prefeito e em nome deles todos que prestigiaram a sessão. Parabenizou toda a equipe da comunidade católica Santa Terezinha pela bela festa, para que tudo ocorresse da melhor forma possível e assim aconteceu e deseja sucesso para o próximo ano. Aproveitando a oportunidade, reforçou o pedido de moradores da Linha Cristina, para que seja arrumado as estradas daquela localidade, outrora em oportunidade do rodeio foi feito um belo trabalho e depois disso, apenas pequenos reparos. Apresentando trechos bastante danificados. Relatou que na quinta feira a tarde recebeu uma ligação do jornal Gazeta do Sul e quem fez o contato foi o jornalista Pedro, informando-lhe que o ministério público enviaria a câmara municipal de vereadores um pedido para abertura de um processo de impeachment, contra o prefeito municipal, Paulo Nardeli Grassel, sua resposta foi que uma vez que chegue nesta casa legislativa, será lida e discutida entre os vereadores. Disse que em conversa com assessora da presidência, Maria Helena Dalmina, ela lhe informou que não havia chegado nenhum ofício. Vereador Adão Carmelindo Lourenço: Cumprimentou o presidente, colegas vereadores, o assessor jurídico parabenizando pela passagem do seu aniversário, saudou o prefeito, vice-prefeito, funcionários do poder executivo, o senhor Ilário de Fraga, afirmando que é interessante que a população faça o mesmo, que prestigie a sessão da câmara. Em apoio ao vereador Valmir Bueno, reforçou o pedido do secretario de obras que os proprietários de terras façam suas roçadas, pedindo também paciência de quem precisa de serviço, na medida do possível será realizado. Comentou sobre o processo do prefeito Paulo Grassel onde foi procurado pelo jornal gazeta do sul, esclarecendo que tinha esse meio de comunicação como sério, pensava que ali pessoas profissionais, que ali havia um diretor que lia a matéria antes de ser publicada, que tivesse um grupo de pessoas que não olhassem pra manchetes mas para a repercussão que teriam, onde há pessoas que esperam por noticias sinceras, corretas, fatos verídicos, mas vendo que de suas palavras foram retiradas as que lhes era bom para dar manchete para denegrira imagem do prefeito Paulo Nardeli Grassel anulando muitas coisas que ele falou. Não se sabe se faltou espaço, quem sabe faltou espaço para colocar suas palavras na integra, uma vez que não falou apenas em nome dele e de sua família, estava representando 1193 eleitores do município, ali pareceu ser uma pessoa insignificante para trazer sua opinião, disse ao jornalista que o procurou que viesse ao município e fizesse a mesma pergunta, as pessoas que na época acreditaram em uma pessoa que dizia que possivelmente seria condenado. Assim jamais poderia ir contra tantas pessoas e ir contra o que acredita ser verdade, disse, falou e repete quantas vezes for necessário para esse jornalista chamado Pedro Marcos que querem ter noticias sentados em uma cadeira, que saiam e procurem a verdade, a porta do gabinete do prefeito assim como a de sua casa estarão sempre abertas para responder com a verdade e de maneira correta, que especulação não inspiram confiança, reforçou as palavras dos vereadores Sandro e Edson que seria enviado a câmara um pedido para que se abrisse um processo contra o prefeito. Explicou que entende que faltou profissionalismo e interesse desse jornal, ou faltou profissionalismo do Dr. Promotor de justiça o senhor Érico Barin, pois colocaram o nome do promotor e na câmara não chegou pedido nenhum para que abrisse um processo de impeachment contra o prefeito. Outras pessoas falaram a este jornal não olhando para si, mas para o interesse do povo, deram sua opinião representando toda a população do município. Dirigindo-se ao vereador Edson orienta que procure o jornalista e veja se a publicação era o que ele realmente queria dizer, pois no jornal diz que o vereador era a favor do impeachment, que o vereador está faltando com a verdade ou é o jornalista. Explicou ao vereador Edson que na oportunidade que o jornalista o procurou usou palavras que denegriam a imagem do vereador contra a população, alertou o colega para que vigiasse para quem ele passaria informação, em vista que o jornalista afirmou que seria enviado um pedido para a câmara e a mesma nada recebeu, cita nome de alguém capacitado que tem uma imagem a ser zelada o Dr. Érico Barin, não se refere a ninguém que tenha uma idéia formada contra o prefeito Paulo, não esta se referindo a ninguém a não ser o jornal Gazeta do Sul. Achava que era um jornal sério, responsável, mas querem somente manchetes não se importando com a verdade.   No dia 03/10 a Gazeta publicou: ”A população já sabia” depoimento dado por um profissional, se a população já sabia deixa ele lá, que na época a população preferiu um possível condenado, um possível fraudador, do que a administração que estava na época. No dia 03/10 a Gazeta pela 3º vez denegria a imagem do prefeito no comando do município de Herveiras uma prova que a Gazeta tem contra eles que almejam somente manchete não se preocupando com a opinião da população. Vereador Gilmar Elair Claas: Saudou o presidente, colegas vereadores, assessor jurídico, prefeito e vice-prefeito e comunidade presente na sessão. Em conversa com o prefeito ficou sabendo que foi adquirido um retro- escavadeira nova para o parque de máquinas do município, soube também da chegada da emenda parlamentar por parte do deputado Moreira que será usado para compra de um trator novo para a prefeitura. Diz que os vereadores não importando a sigla partidária buscam pelo progresso do município. Explanou sobre seu interesse da compra de uma roçadeira e a necessidade de se ter para manutenção no parque municipal de eventos, presando pelo padrão de qualidade e custo benefício. Parabenizou a todos pelo dia do trabalho, especialmente agricultores do município, pecuaristas e funcionários de pecuárias. Em relação ao prefeito Paulo Nardeli Grassel se diz contra para um possível processo de impeachment, pois o prefeito está no 3° mandato, sendo acusado tirou do governo um que estava no primeiro. Isso deve ser respeitado pelo ministério público, à população estava consciente quando decidiu o reeleger, relatou que há alguns concursados falando mal do concurso e os alerta que se o prefeito for condenado possivelmente o concurso será invalidado e eles terão de voltar para casa para plantar fumo, fazer lenha, que pensem um pouco antes de falar. Se referindo ao jornal da Gazeta do Sul, onde fala dos secretários ser a maioria da família do prefeito, diz que são capacitados  e se fosse ele prefeito escolheria os mesmos para exercerem tal função. ENCERAMENTO: Não havendo mais nada a tratar o Senhor Presidente agradeceu a presença de todos os Vereadores, servidores, demais pessoas da comunidade e DECLAROU encerrada a presente reunião, informou que a próxima reunião seria realizada dia sete de maio de dois mil e dezoito, às dezenove horas nas dependências da Câmara de Vereadores, centro de Herveiras. Esta Ata foi lavrada, após lida e aprovada, vai assinado pelo Presidente, 1° Secretário e demais Vereadores desta Casa.





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook