NOTÍCIAS

MATÉRIAS ANALISADAS E VOTADAS NA SESSÃO ORDINÁRIA DE 04 DE JUNHO DE 2018

Publicado em 12/06/2018, Por Poder Legislativo de Herveiras

ATA DA 18ª REUNIÃO ORDINÁRIA, DA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 6ª LEGISLATURA DO PODER LEGISLATIVO DE HERVEIRAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, REALIZADA DIA 04 DE JUNHO DE 2018.  Às dezenove horas do dia quatro de junho do ano de dois mil e dezoito, nas dependências da Câmara Municipal de Herveiras, se reuniram os seguintes Vereadores: Adão Carmelindo Lourenço (MDB), Anderson Silveira de Souza (MDB), Vereador Darci de Bastos (PTB), Edson Luis de Melo (PTB), Gilmar Elair Claas (MDB), João Alberi Rodrigues Vieira (MDB), Sandro Luis da Silveira (PP), Sidoni Metzger (PP), Valmir Pereira Bueno (MDB). I - VERIFICAÇÃO DO QUÓRUM: O Senhor Presidente fez as saudações iniciais cumprimentando a todos os presentes. Verificou que todos os vereadores estavam presentes. Em seguida solicitou votação da ata. II - VOTAÇÃO DA ATA: O Senhor Presidentecolocou em discussão a Ata da 17ª Reunião ordinária, realizada dia 30 de maio de 2018. Não havendo discussão, o Senhor Presidente colocou em votação, Aprovada por unanimidade. III - EXPLICAÇÕES PESSOAIS. Vereador Edson Luis de Melo: Saudou o presidente, colegas vereadores, assessor jurídico, representante do jornal serrano, Prefeito Municipal, Secretária Municipal Maria Enilda Machado, servidores da casa, e população presente. Esclareceu a respeito da sessão no dia 21 de maio onde reforçou um pedido sobre a localidade da Linha Cristina, na qual solicitou o maquinário para deixar as estradas em condições e arrumar as entradas dos agricultores, pois estão precisando de cascalho e máquinas para tapar as valetas e buracos que tem. Mencionou que na semana anterior o colega Vereador Gilmar fez um comentário, dizendo que o vereador Edson não teria humildade em agradecer. Disse que aprendeu que se agradece quando tudo esta pronto. Mencionou que na semana passada as máquinas trabalharam dois dias e entrou esta questão das paralizações, que afetou o município também. Pensa o seguinte: ou o vereador Gilmar agiu de má fé falando que ele não teria humildade em agradecer, ou não prestou atenção na sessão do dia 21 de maio. Disse que é um dever, uma obrigação do município de arrumar as estradas e prestar o serviço à comunidade. E que no momento onde os agricultores forem atendidos e entradas arrumadas, será o primeiro a vir nesta casa e agradecer. Falou que talvez alguma entrada de agricultor tenha sido feita, mas a grande maioria não, e no momento que tiver 100%, terão o seu agradecimento. Vereador Adão Carmelindo Lourenço: Saudou o presidente, colegas vereadores, assessor jurídico, Prefeito Municipal, representante do Jornal Serrano, servidores da casa, população presente. Iniciou falando sobre o que é a responsabilidade de assumir uma secretaria. Relatou um pouco sobre agricultura, onde seu secretário está muito contente com os funcionários que estão exercendo bem as suas funções. Disse que estamos na época da colheita do milho, sendo obvio que a colheitadeira não conseguirá atender a toda a demanda até porque o município de Herveiras é um município agrícola e devido a isso o Prefeito Paulo e o Vice-prefeito estão a cada ano se empenhando para que os implementos agrícolas venham aumentar a frota no pátio da prefeitura. Frisou que na medida do possível todos serão bem atendidos, basta ter compreensão. Repassou uma orientação do Secretário Municipal da Agricultura e Vice-prefeito que, caso este maquinário ou o trator agrícola não puder ir junto com o operador (uma vez que muitos vêm buscar a colheitadeira e entre outros implementos do pátio da prefeitura) gostaria que este implemento fosse cuidado como se fosse da própria pessoa, pois após dessa pessoa usar obviamente vai ter outro já esperando e ele tem que estar em bom estado. Quanto às obras, disse que estão muito satisfeitos, deve se andar de passo a passo e não se pode fazer tudo de uma vez só. Mencionou que já foi dito por este vereador e entre outros nesta casa que alguém tem que ficar por último e lamenta que seja alguém de uma ponta ou de outra do município. O que ele defende é que quando os maquinários vão para certa localidade, que ela fique e apronte o trabalho para que não circule pelo município dando despesas e também se deteriorando. Neste sentido quando ela vai para algum lugar ela demora em sair de lá por que cada localidade é grande e lá não é escolhido lugares ou a pessoa onde é feito o trabalho, sendo feito de uma forma maciça para que todos saiam contentes com o seu trabalho feito. Vereador Gilmar Elair Claas: Saudou o presidente, colegas vereadores, assessor jurídico e comunidade presente na sessão. Fez um agradecimento a Secretaria de Obras pelo serviço que ele solicitou para uma pessoa e foi atendido. Falou, se referindo ao vereador Edson, que não se aproveita só das oportunidades, pois ele já sabia que eles haviam começado a trabalhar na Localidade da Linha Cristina e ele veio pedir. Disse que ele vem sempre em cima de oportunidades, inclusive outras coisas que passaram pela Câmara, ele sempre vem batendo nestas teclas e oportunidades. Mencionou que não é deste tipo usando franqueza e abre o leque e se precisa de algumas coisas ele vai ao Prefeito, vai ao Secretário. Relatou que traz transparência e que não costuma jogar uma coisa traiçoeira e depois vem o arrependimento e dai quer se explicar. Vereador Sandro Luis da Silveira: Saudou o presidente, colegas vereadores, assessor jurídico, Prefeito Municipal, representante do Jornal Serrano, servidores da casa, população presente. Pediu ao líder de governo e ao Prefeito que se fizeram presentes na sessão que se estude a possibilidade de contratar uma professora na EMEI, pois uma professora está de licença maternidade há quase trinta dias e está fazendo falta lá.  Disse que a turma em que seu filho estuda está somente com uma monitora. Segundo ele são mais de 10 alunos que ficam lá sendo difícil para uma pessoa só conseguir cuidar de dez crianças. Falou que esta contratação não vai onerar os cofres do município, pois a outra professora que está de licença está recebendo do INSS e esta nova viria só para suprir esta necessidade. Disse que isto também é uma maneira de se evitar que aconteçam problemas se porventura uma criança ficar sozinha se não tiver mais gente para cuidar. Vereadora Sidoni Metzger: Saudou o presidente, colegas vereadores, assessor jurídico, servidores da casa, Prefeito Municipal e população presente.  Disse que no seu entender tem alguns vereadores agindo errado nesta casa, porém cada um faz como se entender.  Mencionou que na prefeitura tem tantas secretarias. Falou que faz diferente, mas que eles façam como queiram. Disse que quando ela quer uma coisa, vai lá à secretaria pedir ou fala com o Prefeito sendo sempre bem atendida, mesmo sendo de outro partido. Relatou que se quer agradecer vem na sessão e também sabe lá as portas onde agradecer. Disse que falar na câmara é só para o vereador se fazer um nome maior. Falou que também pediu nesta casa uma fluorescente que queria, mas também foi lá na Secretaria pedir para o Secretário de Obras e ele lhe respondeu que falaria com o Prefeito, o qual atendeu seu pedido.  Disse que agradeceu a ele e teve como resposta “obrigado por me agradecer, mas eu fiz o meu dever e fui eleito para trabalhar para o povo e não interessa para quem”. Achou bonita a ação dele e é assim que se trabalha, foram dizer outra vez ai por que é oposição. Segundo ela, depois que estão eleitos todos devem juntos trabalhar para o bem do povo de Herveiras sendo assim que se toca o município para frente. Agradeceu a todos que participaram do chá dia 31 de maio em Herveiras dizendo que estava bem bonito. Agradeceu principalmente a diretoria que se esforçou para que cada um fosse bem atendido. Também agradeceu de todo o coração o colega Sandro que encontro a sua aliança que ela havia perdido na quarta-feira passada, concluindo que é difícil hoje em dia encontrar pessoas que fazem uma ação destas. IV - ENCERAMENTO: Não havendo mais nada a tratar o Senhor Presidente agradeceu a presença de todos os Vereadores, servidores, demais pessoas da comunidade e DECLAROU encerrada a presente reunião, informou que a próxima reunião seria realizada dia onze de junho de dois mil e dezoito, às dezenove horas nas dependências da Câmara de Vereadores, centro de Herveiras. Esta Ata foi lavrada, após lida e aprovada, vai assinado pelo Presidente, 1° Secretário e demais Vereadores desta Casa.





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook